Tail Light (brakelight) estilo Formula E


Fala galera. Pra quem não sabe, tornei-me um viciado em Formula E. Isso mesmo: E, e não 1. Pra quem não sabe, a Formula E é um esporte motor também sob comando da FIA, composto por carros puramente elétricos e que tem pilotos brasileiros mandando muito bem por sinal! Aqui está o canal oficial no YouTube. Recomendo seguirem!
Assistindo a alguns vídeos, observei que a luz de cauda destes carros não só é diferente em aspecto mas também em comportamento da presente na Fórmula 1: ela fica sempre ligada e pisca quando o piloto desacelera o carro.

Imagem retirada do canal oficial da Formula E






Dê o play neste vídeo do canal oficial deles (coloquei pra já começar automaticamente em 1:45) e veja esta Tail Light em funcionamento.



 Isto acontece pelo mesmo motivo pelo qual a presente na Fórmula 1 pisca nos carros com KERS: especialmente em curvas, os sistemas regenerativos dos carros da Fórmula E segura bastante o carro, então esta luz piscando ajuda o piloto de trás a perceber esta desaceleração rápida, dando-lhe mais noção do quando frear. Assistindo estes vídeos então me surgiu a ideia de criar um circuito que produzisse o mesmo efeito.
Utilizando componentes simples e conhecidos, o circuito é o seguinte:

Numeração dos pinos do 555 em sentido horário partindo em Vin: 8, 4, 3, 5, 2, 6, 7. Pino 1 não está representado.


O CI da esquerda é o famoso 555, configurando como multivibrador astável, e o CI da direita (porta NAND) é o 4011. O Transistor é o TIP120 e os LEDs alí são LEDs vermelhos de 1W, escolhidos para que o brakelight tenha uma boa visibilidade até durante o dia. Se quiser trocar por LEDs comuns, recalcule os resistores limitadores de corrente (os 4 acima dos LEDs).
A chave em ciano alí representa o interruptor da luz de freio do carro. Na hora de instalar no carro, basta usar o fio que chega no brakelight original do seu carro se tiver. Os 12V podem vir da própria alimentação do carro. Circuito simples, pequeno e que cumpre muito bem a função!
Quem estiver se perguntando qual programa usei desta vez ao invés do Eagle, foi o falstad. Ele é um simulador online de circuitos bem legal que achei. Você pode acessá-lo aqui.
E isso é tudo. A ideia desse post era trazer de forma rápida este circuito e divulgar essa modalidade de esporte motor que está crescendo e acho importante receber apoio!
Até a próxima!

P.S: ATENÇÃO! PELO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO, É PROIBIDO A ADIÇÃO OU ALTERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS LUMINOSOS NO VEÍCULO. PORTANTO, NÃO USE TAL CIRCUITO EM UM VEÍCULO QUE TRAFEGARÁ EM VIAS PÚBLICAS (permitido o uso em condomínios fechados, por exemplo). NÃO ME RESPONSABILIZO POR USO INDEVIDO (E SUAS CONSEQUÊNCIAS) DO CIRCUITO ACIMA APRESENTADO!

Comentários